Vivo diz que não quer limitar uso da Netflix e do YouTube

Padrão

20160418150247_660_420

Depois de dizer que quem utiliza a Netflix e o YouTube teria que pagar mais com a medida de bloquear a internet fixa após o fim da franquia contratada, a Vivo agora informa que não faz restrição ao acesso dos serviços de streaming. A informação foi divulgada em um site criado pela empresa para esclarecer dúvidas sobre a medida.

Para quem não recorda, um experimento realizado pelo Adrenaline e publicado no Olhar Digital mostrou que os limites de internet fixa podem prejudicar bastante os usuários dessas plataformas, uma vez que elas são responsáveis por um grande consumo de dados.

A polêmica surgiu após alguns internautas questionarem as intenções da Vivo com a medida. Vale lembrar que os serviços se transformaram em concorrentes de peso dos tradicionais planos televisão por assinatura que são oferecidos por empresas em pacotes combinados com internet banda larga, como no caso da Vivo.

No site, a Vivo ainda lembra que o bloqueio não fere o Marco Civil da Internet e é regulamento pela Agência Nacional de Telecomunicações. A empresa ainda não se manifestou sobre a norma publicada pela Anatel no Diário Oficial da União que impede as operadoras de serviços de banda larga fixa sem informar os consumidores.

Fonte: Olhar Digital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s